CONVITE para ato público em Defesa da Empresa Brasileira de Correios contra sua Privatização

Publicado em 27 de Maio de 2019

 

Os Correios são uma empresa pública de direito privado, vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). Tiveram sua origem no Brasil em 25 de janeiro de 1663 e, em 20 de março de 1969, com a reorganização do serviço postal pela Lei nº. 509, foi transformada em Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT). A empresa, presente em mais de 5.500 municípios do país, presta serviços que vão desde o envio e o recebimento de cartas e encomendas à logística integrada, além de serviços financeiros e de conveniência.
É a maior empresa de logística e postal da América Latina, com um papel relevante na integração territorial. É responsável pela universalização dos serviços postais no país e cumpre sua função social ao garantir à população o acesso à cidadania, servindo de balcão do cidadão, atuando no pagamento de pensões e aposentadorias; na distribuição de livros escolares; no transporte de doações em casos de calamidade; em campanhas de aleitamento materno; no treinamento de jovens carentes; Campanha Papai Noel dos Correios, entre outros vários projetos.
Ao longo do tempo implementou novas tecnologias aos seus serviços, como sistemas de rastreamento dos objetos, sistema de entrega via smartphone, dando ao cliente mais precisão nas informações.
Entretanto, os recursos necessários para investimentos na melhoria da empresa foram transferidos de forma indevida para o Governo Federal, através de repasses que totalizaram cerca de 6 bilhões de reais.
No Brasil, assim como na Paraíba, houve uma redução do efetivo de trabalhadores, resultado das aposentadorias e dos PDV´s (plano de demissão voluntária). Para se ter uma ideia, em maio de 2015 havia 1.701 funcionários no Estado. Já em abril deste ano, chegamos ao número de 1.460 empregados. O último concurso público foi realizado em 2011.
Mesmo assim, os trabalhadores dos Correios produziram para a empresa, no ano de 2017, um resultado positivo de 667 milhões de reais. Além disso, distribuíram em todo o país, a média mensal de meio bilhão de objetos postais.
A ECT é uma empresa pública que não depende de verbas federais para seu funcionamento. Ela é autossustentada e muito lucrativa, mesmo não sendo essa a sua função principal. A falta de investimento em equipamentos e em contratação de pessoal foi o fator que levou à queda da qualidade do serviço prestado à população e é resultado da política do Governo Federal de sucateamento da empresa a fim de facilitar a privatização.
Diante da situação descrita, é de extrema importância que os trabalhadores e o povo brasileiro defendam o Correio público e de qualidade para toda a população.
O SINTECT-PB tem a honra de convida-lo(a) a participar do Ato Público dos trabalhadores em Correios e Telégrafos na Paraíba, que será realizada, dia 11/06/2019 terça-feira, às 07:00 horas, com café da manhã, no COA – Centro Administrativo e Operacional dos Correios, em João Pessoa, situado na BR 230, Km 24,5 - Cristo Redentor, EM DEFESA DA EMPRESA BRASILEIRA DE CORREIOS CONTRA A PRIVATIZAÇÃO.
Contamos com sua participação e apoio dando sua colaboração no fortalecimento da luta por um Correio Público e de qualidade, acessível a toda população brasileira.
Correios privatizado, você prejudicado!


Não à privatização dos Correios!
Não ao fechamento das agências!
Pelo retorno da entrega diária!
Não à reforma da previdência!
Diretoria Colegiada do SINTECT/PB

 

Ler mais Notícias

 

 

 

 

 

 

 

Como Chegar:

SINTECT - PARAÍBA - Aberto das 08:00 ás 17:00 de Segunda a Sexta | Fones: (83) 3533-1627/3533-1600/3578-4413

Estamos Localizados: Rua Duque de Caxias, 105 - CEP: 58010-820 - Centro - João Pessoa - Paraíba